Prorrogação do Auxílio Emergencial! Confira as parcelas!

O Governo Federal anunciou a prorrogação do Auxílio Emergencial, que estava previsto para acabar no mês de julho.

Ele agora será estendido até outubro, as parcelas extras continuarão com os mesmos valores das últimas vezes.

Publicidade

Porém nem todas as pessoas terão direito às novas parcelas.

Quer saber mais? Continue acompanhando o artigo e descubra todas as informações sobre a prorrogação do Auxílio Emergencial!

Prorrogação do Auxílio Emergencial: Quantas parcelas serão?

As informações sobre a prorrogação do Auxílio Emergencial serão divulgadas pelo governo.

Publicidade

O benefício será contemplado com mais três parcelas, que serão pagas no mês de:

  • Agosto
  • Setembro
  • Outubro.

As parcelas seguirão os mesmos procedimentos dos últimos pagamentos.

Para as pessoas que recebem os benefícios do Bolsa Família, o cronograma seguirá o último dígito do NIS de 0 até a 9.

Publicidade

Já para o público em geral, os calendários seguem os meses de nascimento dos inscritos.

Para os beneficiários do Bolsa Família, a quinta parcela começará a ser paga a partir do dia 18 de agosto.

Já para os demais, o pagamento será creditado na conta da Caixa a partir do dia 20 de agosto.

Por enquanto, não há nenhuma indicação de que o Auxílio Emergencial continuará a ser pago depois do mês de outubro.

Os valores das parcelas do Auxílio Emergencial não tiveram nenhuma alteração em relação aos últimos meses.

A quantia das parcelas extras irá depender da situação de cada beneficiário, confira abaixo, como o pagamento é realizado:

  • Pessoas que moram sozinhas: R$ 150,00
  • Mulheres chefes de família: R$ 375,00
  • Demais beneficiários: R$ 250,00

Precisa de dinheiro? Confira o calendário PIS/Pasep 2021 e garante seus saques!

A Caixa irá depositar os valores do Auxílio Emergencial nas contas digitais que foram abertas para o Auxílio Emergencial do ano passado.

O pagamento pode ser movimentado através do aplicativo Caixa TEM que é gratuito e está disponível para os dispositivos iOS e Android.

Durante os primeiros dias, o beneficiário poderá usar o Auxílio Emergencial para pagar suas contas e fazer compras.

Depois de algumas semanas, o valor depositado estará disponível para ser sacado.

Os beneficiários podem utilizar a ferramenta Pix e passar dinheiro para contas de outras pessoas.

Confira mais informações sobre a Prorrogação do Seguro Desemprego!

prorrogação do auxílio
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest

Divulgação do calendário pelo WhatsApp

Segundo o Governo Federal, agora os inscritos no Auxílio Emergencial poderão receber avisos sobre o cronograma através do WhatsApp.

Neste processo, uma conta oficial da Caixa mandará informações sobre o cronograma dos próximos pagamentos do Auxílio Emergencial.

Os beneficiários que querem receber esses avisos precisam estar com o número de celular cadastrado no Caixa TEM.

As mensagens irão fornecer informações gerais sobre o cronograma, bem como outros avisos sobre o auxílio e as datas.

É importante ressaltar que não é possível mandar mensagens para a conta automática da Caixa pelo WhatsApp.

Esse material só será usado para encaminhar avisos sobre o cronograma.

Essa ferramenta não servirá para dar suporte aos beneficiários.

Para solicitar os demais serviços da Caixa, você deve procurar uma agência ou entrar em contato através de outros meios de comunicação.

Em suma, as pessoas que tem o direito de receber o Auxílio Emergencial são:

  • Colaboradores individuais da Previdência Social
  • Trabalhadores informais
  • Microempreendedores individuais.

Assim como funcionava nas últimas parcelas, a renda total da família deve ser no máximo de três salários mínimos.

Já a renda por pessoa do grupo familiar não pode ultrapassar meio salário mínimo.

Ainda segundo o governo, os indivíduos que não tem direito ao benefício são:

  • Trabalhadores formais
  • Quem ganha benefícios do INSS ou programa de transferência
  • Estagiários, estudantes que recebem benefícios de bolsa de estudos ou semelhantes
  • Quem recebeu o auxílio 2020, mas não sacou e nem usou o dinheiro
  • Indivíduos menores de 18 anos (com exceção de mães adolescentes)
  • Os indivíduos que estiverem com o auxílio cancelado durante a análise do cadastro do novo benefício.

Já ouviu falar do novo programa do governo? Entenda tudo sobre o Renda Brasil!

Se você se encaixa em alguma dessas condições, não tem o direito de receber o Auxílio Emergencial.

Se ainda tem dúvidas sobre quem tem direito ou não às parcelas extras do auxílio, há a possibilidade de verificar a sua situação, veja abaixo:

Dentro dos portais, para conseguir verificar a sua situação, você deverá colocar dados como CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Com a prorrogação do Auxílio Emergencial, o benefício será encerrado depois do pagamento da sétima parcela, que será paga durante o mês de outubro.

Gostou do artigo? Acompanhe nosso blog e fique informado sobre esses assuntos!

Publicidade

Pin It on Pinterest