Prazo para cobrar FGTS não pago será alterado! Fique atento!

Você sabia que o prazo para cobrar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) irá mudar em novembro deste ano?

A partir dessa data só poderão ser cobrados na Justiça os valores dos últimos cinco anos não pagos pelo empregador. Ou seja, a regra de requisitar o recolhimento atrasado de até 30 anos atrás vai acabar.

Publicidade

Por isso, é importante que você fique atento (a). Se já trabalha há mais tempo em uma empresa ou deixou alguma cobrança passar, este post vai ajudar.

Boa leitura!

Publicidade

Prazo para cobrar FGTS não pago será alterado!
  • Facebook
  • Twitter
  • Pinterest

Prazo para cobrar o FGTS: Entenda a mudança

A “data limite” foi definida em 2014 pelo STF. O Supremo julgou inconstitucional a norma de questionar valores não depositados em 30 anos.

Assim, estabeleceu um prazo máximo de cinco anos para o trabalhador reivindicar os pagamentos atrasados. Além disso, deverá ser respeitado o período de dois anos (após o fim do contrato) para acionar a empresa.
Com isso, o novo prazo para cobrar o FGTS passa a valer em novembro de 2019. Então, se você quer escapar dele, não perca mais tempo.

Publicidade

Outro detalhe bem importante é sempre checar se os depósitos estão sendo feitos corretamente. A seguir mostramos como você pode fazer para monitorar a conta do seu Fundo na Caixa Econômica Federal. Confira:

Como fiscalizar os depósitos do empregador

Embora o valor pago ao FGTS conste, muitas vezes, no holerite do trabalhador, é bom ter certeza de que foi concretizado. E, para certificar-se que os valores tem sido pagos a cada mês, existem algumas maneiras:

  • Outra forma é baixar o aplicativo do FGTS no seu smartphone. Esse app é aceito tanto em Android como em IOS. Com ele, você receberá notificações sobre os depósitos realizados.
  • Por fim, você pode acessar o portal do Fundo na internet. Neste canal, basta inserir o número do PIS/NIS/PASEP e realizar um rápido cadastro para criar uma senha.

Fácil, não é? O jeito mais eficiente de evitar perder o prazo para cobrar o FGTS não pago é esse: checando a sua conta periodicamente.

Agora o que fazer quando o empregador não estiver em dia? Abaixo trazemos algumas orientações para você. Olha só:

Prazo para cobrar o FGTS: quando ir para Justiça?

Vale lembrar que todo trabalhador com vínculo empregatício tem direito ao FGTS. E o empregador tem por obrigação pagar o valor mensal de 8% do salário. Essa quantia, então, é depositada numa conta da Caixa.

Já montante final só poderá ser sacado em condições específicas, como a dispensa sem justa causa ou em situação prevista por lei.

No entanto, se for constatado que o empregador não cumpriu com um ou mais pagamentos, e não quiser fazer a sua regularização, pode ser necessário recorrer à Justiça.

Para entrar com uma ação trabalhista, procure primeiro orientar-se com profissionais especializados no assunto.

O mesmo vale para casos onde o prazo para cobrar FGTS antigo está em questão. E não esqueça de fazer isso antes de novembro deste ano, quando a nova norma entrará em vigor.

Até a próxima publicação!

Leia e avalie!

Publicidade

Pin It on Pinterest